PNL – Oferta de Livros à Biblioteca

A Direção Regional da Educação, através do Plano Regional de Leitura, ofereceu à nossa biblioteca escolar um conjunto de livros destinados aos alunos de todos os níveis de ensino. (ver quadro)

O nosso muito obrigado.

Capturar

Anúncios

Itinerância de contos

Iniciou-se em outubro a atividade “Itinerância de contos” – dinamização de sessões de contos –  que leva elementos da equipa da biblioteca todas as semanas, a uma das EB1/JI da unidade orgânica. Nesta primeira fase, quase concluída, já foram contempladas onze escolas.

São feitas nas escolas duas sessões nas manhãs de terça feira, destinadas ao grupo do Pré-Escolar e 1º ciclo, podendo haver variações em conformidade com o número de turmas e populações escolares.

As obras usadas para as sessões são: “Dez dedos de conversa”, de António Torrado, “Zbiriguidófilo e outras histórias”, de Pitum Keil do Amaral e “Atchuuu! – O guia completo das boas maneiras”, de Mij Kelly e Mary McQuillan.

A competência e o dinamismo da professora Noélia Horta como contadora de histórias e a experiência na planificação e organização da professora Teresa Meneses, têm sido fundamentais para o sucesso da atividade.

O nosso agradecimento a todos os alunos, professores e auxiliares pela participação, apoio e receptividade ao longo da atividade.

Dia Mundial da Alimentação

Para comemorar o Dia Mundial da Alimentação, no dia 16 de outubro, o departamento de Ciências Exatas, do 2º ciclo, em parceria com a Biblioteca Escolar organizaram um concurso para eleger a melhor sopa e promoveram, quatro sessões especiais da “Hora do Conto”. A história escolhida foi “A menina que não gostava de fruta”, de Cidália Fernandes – obra que integra o Plano Nacional de Leitura – e que foi contada de modo muito expressivo pelas professoras Noélia Horta, Teresa Meneses e Fátima Trancho a 5 turmas do 1º Ciclo e duas da educação especial. Esta foi uma forma lúdica de sensibilizar os mais jovens para a importância de uma alimentação racional e equilibrada com recurso ao livro.

Em cada turma do 6º ano, os alunos organizaram um concurso para eleger a melhor receita de sopa. A sopa eleita por turma foi confecionada pelos alunos e encarregados de educação.

Nesse mesmo dia, no refeitório da escola, realizou-se o Festival de Sopas com as 7 sopas apresentadas. Os alunos do 6º ano e toda a Comunidade Escolar fizeram a prova das sopas e votaram na melhor sopa.

Da prova faziam parte as sopas: Creme de cenoura, da aluna Bianca Lima, do 6º B; Puré de abóbora, da aluna Inês Castro, do 6ºC; Sopa de cenoura, do aluno Ricardo Dinis, do 6ºD; Sopa de abóbora-menina assada, da aluna Leonor Bettencourt, do 6ºE; Creme de cenoura e laranja, da aluna Constança Oliveira, do 6ºF; Sopa de frango com legumes, do aluno Miguel Leonardo, do 6ºG e Creme de legumes, da aluna Inês Azevedo, do 6ºH.

O vencedor da melhor sopa foi o aluno do 6º D, Ricardo Dinis, com a sopa de cenoura.

Todos os alunos que apresentaram a sopa, receberam um livro de receitas, com as receitas das sopas a concurso.

O grupo disciplinar de Ciências da Natureza do 2º Ciclo expôs na biblioteca as receitas elaboradas pelos seus alunos sobre a temática. Parabéns aos alunos e aos docentes pela qualidade do trabalho apresentado.

Com este evento pretendeu-se consciencializar a Comunidade Escolar para a importância da sopa na nossa alimentação.

Livro de Receitas: https://pt.calameo.com/read/0019815670fd273ac360b

Hora do conto

A nossa biblioteca recebeu, no passado dia 28 de novembro, a contadora de histórias da Biblioteca Municipal Silvestre Ribeiro. Foram realizadas três sessões de leitura, que contemplaram os alunos do 1º e 2º anos e a turma ocupacional.

Os livros escolhidos foram: “De que cor é um beijinho”, de Rocio Bonilla e “Carta para o Pai Natal”, de Ned Taylor, que motivaram uma enorme participação dos presentes e suscitaram muitas questões.

“Pedras com história” e “Exposição de minerais”

IMG_8759A equipa da biblioteca escolar recebeu durante a semana de 20 a 24 de novembro, as turmas do 4º ano e da Educação Especial, no âmbito da atividade conjunta “Pedras com história” e “Exposição de minerais”. Esta iniciativa teve como propósito despertar o interesse dos alunos para as Ciências em geral e para a Geologia em particular, levando-os a reconhecer a existência de uma grande diversidade de rochas e minerais na Natureza.

Os alunos foram acolhidos junto à exposição de rochas e minerais e aí tiveram a oportunidade de acompanhar as explicações do professor Cláudio Ferreira.

Em seguida, os discentes foram convidados a observar diferentes tipos de areias com o auxílio de lupas binoculares, tendo sido visível a agradável surpresa e deleite que esta atividade lhes proporcionou. No decurso da mesma, os alunos tomaram contato com os livros de geologia que a biblioteca preparara como complemento à exposição de rochas e minerais.

E se é verdade que cada rocha tem uma história para contar, a equipa da biblioteca não quis ficar atrás; convidou os alunos para uma sessão de conto em que os protagonistas da história foi “uma enorme pedra”, fazendo-se, por essa via, a ligação entre diferentes literacias.

Por fim, os alunos foram convidados a completar uma história inacabada, mais tarde, na sua sala de aula, para a qual foram convidados a imaginar a grande aventura de um grão de areia levado pelo vento…

Resta-nos aguardar pelos trabalhos dos alunos e apresentá-los para publicação no jornal escolar e neste blog.

Um agradecimento especial às professoras Cidália Machado e Susana Meireles e à equipa da Biblioteca Escolar pela colaboração prestada (pessoal docente e não docente).

Canta Comigo, Leio Contigo

No âmbito do Plano Regional de Leitura, da Direção Regional da Educação, em colaboração com a Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, recebemos, no dia 9 de novembro, na nossa biblioteca, o projeto “Canta comigo, leio contigo”.

Foram realizadas duas sessões para alunos do 3º ano e 4º ano(PCA) dinamizadas pelas contadoras de histórias Alda Casqueira Fernandes e Anabela Cura que conseguiram impressionar pelo excelente desempenho e profissionalismo, envolvendo com bastante entusiasmo o público presente.

Novos livros na BE

No decorrer da feira do livro do “Outono Vivo” e devido à generosa oferta por parte da Câmara Municipal da Praia da Vitória, a nossa biblioteca pode adquirir um considerável número de livros para ambos os ciclos do ensino básico.

Aguardamos a vossa visita. Boas leituras.

“Reading Time Project”

O “Reading Time” é um projeto de dinamização de atividades relacionadas com a leitura em Inglês, implementado, desde 2015, com as turmas do 1º ao 4º ano, nas escolas da Aldeia Nova, Santa Luzia e FOC pela docente Ana Isabel Ferreira, emente da equipa da BE.  Tem como finalidade desenvolver o gosto pela aprendizagem da língua inglesa através da leitura, diversificando os materiais e fontes de aprendizagem e promovendo o desenvolvimento das capacidades de compreensão e expressão escritas, em registos diversificados.

Neste ano letivo, deu-se continuidade ao trabalho desenvolvido, aumentando os tempos dedicados à leitura, e dinamizando outras atividades que foram ao encontro às necessidades e gostos dos alunos.

Este projeto, para além de estimular o gosto pela aprendizagem da língua inglesa através da leitura, permitiu envolver os alunos em trabalhos diversificados,  explorando a componente lúdica na aprendizagem da língua e proporcionando momentos de convívio entre professor e alunos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um agradecimento especial à docente Ana Isabel Ferreira pelo empenho e colaboração.

 

 

O ciclo da água

Só com a extraordinária colaboração de três elementos da equipa da Biblioteca Escolar –  as professoras Cidália Machado e Susana Meireles e o professor Osvaldo Sousa – é que foi possível planificar, construir e apresentar a atividade “O ciclo da água”, na passada quarta-feira, à turma do 4º A.

A atividade proposta aos alunos é feita a partir da leitura do conto “O ciclo da água”,  de Cristina Quental e Mariana Magalhães, passando-se de seguida para a exploração da fantástica maquete da autoria do professor Osvaldo Sousa – que permite representar e demonstrar todo o ciclo da água – a partir da qual os alunos são convidados a participar, identificando, graças à exemplificação das transformações físicas da água (evaporação, condensação e fusão) e do movimento da água na natureza (precipitação e infiltração), todas essas fases do ciclo da água.

As professoras Cidália Machado e Susana Meireles fizeram a demonstração prática das referidas transformações físicas da água e movimentos da água na natureza (aquecimento de água num gobelé com a ajuda de um disco elétrico, simulação da formação de nuvens com a condensação do vapor de água num placa de vidro; simulação da precipitação utilizando uma “esponja-nuvem” e infiltração da água da chuva numa tina de vidro com terra). Em seguida, os alunos foram convidados a aplicar os conhecimentos na exploração da maqueta, afixando as etiquetas com os termos empregues no ciclo da água correspondentes às etapas representadas na maqueta.

Por fim, procedeu-se à distribuição de papel com o modelo do origami abre e fecha, apelidado pelos alunos de “moranguinho” ou “quantos queres”, claro está com questões associadas ao ciclo da água.

Esta iniciativa irá prolongar-se no 3º período alargando-se a outras turmas do ensino regular e da educação especial. Um agradecimento a todos pelo empenho nesta atividade que, estamos certos, contribui para despertar o interesse dos alunos para as Ciências em geral.