Festa de Anos na Biblioteca Escolar

No âmbito da “Hora do Conto”, no decorrer do primeiro período, às segundas-feiras de manhã, as docentes responsáveis dinamizaram uma atividade para as turmas do pré-escolar e do ensino especial, sobre a obra “ A Festa de Anos do Tomás”.

As turmas receberam um convite para a festa de anos do Gato Tomás, com a indicação de que deveriam trazer um “amiguinho” para a festa.

A atividade consistiu na leitura da obra “ A Festa de Anos do Tomás”, com recurso a um PowerPoint de imagens alusivas à história. Após uma exploração oral do texto, foi distribuída uma imagem do Gato Tomás para os alunos colorirem na sala de aula.

Por fim, os alunos cantaram os “Parabéns a Você!” à volta do bolo e tiraram fotografias enquadradas numa moldura, materiais elaborados pelos colegas de EVT que pertencem à equipa da Biblioteca Escolar.

A animação continuou, com a distribuição de balões coloridos por cada um dos participantes.

A atividade resultou bem, pois os alunos corresponderam, trazendo o seu amiguinho de peluche favorito e participando ativamente!

Anúncios

Itinerância de contos

Iniciou-se em outubro a atividade “Itinerância de contos” – dinamização de sessões de contos –  que leva elementos da equipa da biblioteca todas as semanas, a uma das EB1/JI da unidade orgânica. Nesta primeira fase, quase concluída, já foram contempladas onze escolas.

São feitas nas escolas duas sessões nas manhãs de terça feira, destinadas ao grupo do Pré-Escolar e 1º ciclo, podendo haver variações em conformidade com o número de turmas e populações escolares.

As obras usadas para as sessões são: “Dez dedos de conversa”, de António Torrado, “Zbiriguidófilo e outras histórias”, de Pitum Keil do Amaral e “Atchuuu! – O guia completo das boas maneiras”, de Mij Kelly e Mary McQuillan.

A competência e o dinamismo da professora Noélia Horta como contadora de histórias e a experiência na planificação e organização da professora Teresa Meneses, têm sido fundamentais para o sucesso da atividade.

O nosso agradecimento a todos os alunos, professores e auxiliares pela participação, apoio e receptividade ao longo da atividade.

“Ler é divertido” – projeto de itinerância de livros

 

Graças à gentil oferta de treze carros para transporte de livros por parte da Papelaria 96 e dos livros oferecidos pela CM da Praia da Vitória é, para nosso contentamento, já possível implementar o projeto de itinerância de livros. Este projeto visa colocar 13 carros com 325 livros da biblioteca da EBIPV a circular por todas as EB1/JI da unidade orgânica, promovendo a leitura e partilha de livros. Cada um dos carros contém 25 livros e pretende-se que em cada escola circulem de sala em sala.

Oficializou-se no dia 18 o início do projeto com a recolha do primeiro carro de livros itinerantes. Os dois alunos da Prof.ª Sónia Rocha deslocaram-se à biblioteca para essa recolha e ali posaram para a fotografia. Está assim lançado este projeto com o foco na motivação dos nossos alunos para a leitura e no apoio à criação de muitos e bons leitores.

img_20170118_100727997img_20170113_145238952

Novidades literárias (Pré-Escolar e 1º Ciclo)

 

Graças ao financiamento por parte do Conselho Administrativo da EBI da Praia da Vitória e da Câmara Municipal da Praia da Vitória (voucher de 350 €) foi possível adquirir inúmeros livros para a nossa biblioteca escolar, os quais estarão disponíveis já a partir da próxima semana para todos os docentes e educadores da unidade orgânica.

Deixamos aqui algumas capas das aquisições efetuadas para o Pré-Escolar e 1º Ciclo, com obras de qualidade das editoras “Kalandraka”, “Orfeu Negro” e “Paleta de Letras”.

Um merecido agradecimento aos patrocinadores deste investimento literário. Novos livros são sempre um apelo à leitura.

Sessões com o escritor/ilustrador Pedro Seromenho

 

Todo o dia na estrada, assim foi o primeiro dia do Pedro Seromenho no seu périplo de hoje pela Terceira: duas sessões literárias na EBI da Praia da Vitória, uma outra na EB1/JI Irmãos Goulart, Fontinhas e, já de tarde, uma última na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Angra do Heroísmo. Um dia em cheio!

Foi enorme o entusiasmo do vasto público infantil que assistiu ao encanto das histórias, das ilustrações, da mímica e das canções do escritor. No final, mais de trinta alunos com livros do autor na mão, em fila, esperavam com ansiedade pela dedicatória e ilustração que o Pedro Seromenho faz questão de deixar nos seus livros – uma marca do autor.

Agradecemos ao Pedro Seromenho os momentos de alegria, sonho e imaginação, sempre com valores à mistura, que nos proporcionou a todos neste dia. As suas sessões, sempre interativas e distintas umas das outras, mostraram-nos o poder das palavras e da leitura. Estamos convictos de que estes alunos que se divertiram com o Pedro Seromenho e as suas histórias, na escola ou na biblioteca, saíram bem mais disponíveis para a leitura e para o universo que ela reserva a cada leitor. Semeou-se afinal também esperança.

Lançamos o convite a todos para estarem presentes no próximo dia 5 (sábado), pelas 16:30 horas, no espaço da Feira do Livro da Academia da Juventude da Ilha Terceira, onde o escritor/ilustrador apresentará o seu livro “As gravatas do meu pai”.

A vaca que pôs um ovo (e não foi de chocolate!)

 

Concluiu-se na passada quarta-feira o ciclo de sessões subordinadas à história “A vaca que pôs um ovo” e que procurou associar a literacia da leitura e da informação junto dos cerca de 90 alunos do Pré-Escolar.

Compete-me agradecer desde já à equipa da Biblioteca Escolar e aos colaboradores pelo seu empenho e entusiasmo, à Equipa do Projeto de Educação Afetivo-Sexual, não esquecendo as educadoras de infância da EBI da Praia da Vitória que muito bem trabalharam a história com os seus alunos.

Deixamos aqui um registo fotográfico da passagem pela biblioteca escolar de todas as turmas do Pré-Escolar. Até breve.

A vaca já pôs o primeiro ovo!

 

Iniciaram-se já as sessões de conto às turmas do Pré-Escolar na Biblioteca Escolar, com a leitura da curta mas divertida história, “A vaca que pôs um ovo”. A professora Noélia Horta foi a expressiva contadora da história que muito entusiasmou e divertiu os meninos e meninas da turma A do Pré-Escolar da EBI da Praia da Vitória.

Esta iniciativa surge em articulação com o Projeto de Educação Afetivo-Sexual desta escola, em que foi proposto às educadoras uma abordagem inicial, em sala de aula, desta história, sendo posteriormente recontada em sede da biblioteca escolar e complementada com atividades lúdico-didáticas.

Graças ao contributo da Profª Helena Louro, responsável pelo cenário e pelas imagens das famílias dos animais, os alunos tiveram a oportunidade de aflorar a reprodução e fecundação animal e distinguir os animais ovíparos e vivíparos. Apresentou-se ainda um jogo didático, cedido pelo docente Emanuel Monteiro, que permitiu aos alunos no computador associarem os animais ao seu tipo de reprodução. No final, todos tiveram acesso a um desenho de um animal ovíparo ou vivíparo para fazerem a respetiva pintura na biblioteca escolar.

Um agradecimento aos colaboradores da equipa da BE e aos educadores de infância.

A vaca que pôs um ovo

AVacaQuePosUmOvo

Nem de propósito! O livro “A vaca que pôs um ovo” faz lembrar um assunto de uma dança de Carnaval terceirense. Mas não. A verdade é que a equipa da biblioteca escolar começa já este mês, em parceria com a Equipa de Educação Afetivo-Sexual, as sessões de exploração da temática da reprodução para os alunos do Pré-Escolar, através do livro “A vaca que pôs um ovo”. Os moldes em que a história será explorada serão particularmente divertidos. Mas não podemos dizer mais…

Bom Carnaval.