Canta Comigo, Leio Contigo

No âmbito do Plano Regional de Leitura, da Direção Regional da Educação, em colaboração com a Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, recebemos, no dia 9 de novembro, na nossa biblioteca, o projeto “Canta comigo, leio contigo”.

Foram realizadas duas sessões para alunos do 3º ano e 4º ano(PCA) dinamizadas pelas contadoras de histórias Alda Casqueira Fernandes e Anabela Cura que conseguiram impressionar pelo excelente desempenho e profissionalismo, envolvendo com bastante entusiasmo o público presente.

Anúncios

Oferta de 504 livros à EBI da Praia da Vitória

 
No âmbito do Plano Regional de Leitura, a Direção Regional da Educação ofereceu 504 livros à EBI da Praia da Vitória, os quais se destinam enriquecer/constituir a biblioteca escolar das escolas com 1º ciclo. Todos os livros foram já catalogados pela equipa da BE e encontram-se disponíveis para serem entregues nos próximos dias às EB1/JI. Os 36 livros afetos à BE da escola sede podem ser já requisitados a partir da próxima quinta-feira.

Lista das obras oferecidas (por escola): Bichos, bichinhos e bicharocos (2 exemplares); O têpluquê e outras histórias (2); A menina gotinha de água, Porto Editora – 2; O gigante egoísta e o príncipe feliz, Porto Editora- 2; Seleção de contos de Andersen, Porto Editora – 2; A maior flor do Mundo, Porto Editora – 2; Leonor no Núcleo de Arte Sacra do Museu Carlos Machado, Direcção Regional da Cultura – 2; O urso polar com patilhas, Direcção Regional da Cultura – 1; O contador de histórias, Direcção Regional da Cultura – 2; Antes morrer livres, Direcção Regional da Cultura – 2; Violante do canto, rainha de Angra, Direcção Regional da Cultura – 2; Vitorino Nemésio – grande homem das letras, Direcção Regional da Cultura – 2; O menino músico, Direcção Regional da Cultura – 1; Emigrante do paraíso, Direcção Regional da Cultura – 2; Tenente-coronel José Agostinho, Direcção Regional da Cultura – 2; O canto livre de Afrodite, Direcção Regional da Cultura – 2; O homem que falava com as flores, Direcção Regional da Cultura – 2; Tomás Borba, trovador das gentes novas, Direcção Regional da Cultura – 2; Teófilo Braga, para além do horizonte azul, Direcção Regional da Cultura – 2.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Dia Internacional do Livro Infantil

 

Comemorou-se no passado dia 2 de abril, em toda a unidade orgânica, o Dia Internacional do Livro Infantil. A Biblioteca Escolar  quis associar-se a essa data através de diversas iniciativas: o Concurso de Poesia, com a entrega de prémios e declamação de poemas; o Teatro de fantoches  “Ler é Fixe”, da autoria da equipa da Biblioteca Municipal Silvestre Ribeiro; a Feira do Livro usado e  a atividade “Parar a Ler”. Não faltou sequer a música “Ilhas de Bruma” – já que o tema do Concurso de Poesia era o “Mar” – cantada e tocada pelos alunos das professoras Madalena Correia e Paula Moniz.

A atividade “Parar a Ler” – proposta pelo Plano Regional de Leitura – decorreu em todas as escolas da EBI da Praia da Vitória, em simultâneo, pelas 11 horas, do dia 2 de abril, e teve como propósito consciencializar toda a comunidade escolar para a importância da leitura. Para o efeito, foi facultado nesse dia um texto a todos os alunos, aos professores e funcionários, por forma a que todos os elementos da comunidade escolar parassem simbolicamente dez minutos para ler. E assim foi! Por toda a escola pairou num só momento o agradável e mágico silêncio da leitura.

A equipa da biblioteca agradece a todos os professores, funcionários e alunos que colaboraram nas atividades supracitadas.

Viva o livro!

Este slideshow necessita de JavaScript.

A equipa da Biblioteca Escolar agradece a todos os que se associaram a esta iniciativa e contribuíram para a sensibilização da leitura e valorização do livro.

Novidades para o Pré-Escolar (34 livros)

A Biblioteca apresenta 34 livros novos que podem ser requisitados já a partir da próxima segunda-feira, 17 de fevereiro. Os livros do Pré-Escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico encontram-se agora todos eles no novo espaço da biblioteca intitulado “Área do Pré-Escolar e 1º Ciclo”, onde aliás tem decorrido a atividade “Hora do Conto”. Estas novidades resultam dos lucros obtidos na Feira do Livro de dezembro último e ainda da gentil oferta de muitos livros por parte de uma docente da nossa unidade orgânica. A equipa da biblioteca muito agradece esta preciosa doação.

P.S. – Na próxima semana contamos apresentar aqui imagens dos belíssimos painéis que foram pintados pelos alunos do 6º D, nas aulas de EVT com a orientação dos professores Osvaldo Cabral e Dina Galvão, e que representam a “Atlântida”, preparando assim já uma outra atividade que a biblioteca espera concretizar em junho sobre a obra “A menino do Mar” de Sophia de M.B. Andersen, destinada ao Pré-Escolar, 1º Ciclo e 2º Ciclo.

Boa fim de semana, boas leituras, sonhos embalados pela leitura…

Ler com sotaque

Na passada sexta-feira, dia 31 de janeiro, a nossa escola realizou na biblioteca escolar a atividade do Plano Regional de Leitura “Ler com sotaque”. Esta atividade foi proposta à EBI da Praia da Vitória pela Direção Regional de Educação e teve como objetivos promover a leitura em voz alta, mostrar a riqueza de diferentes sotaques no uso da língua portuguesa, tornar natural e valorizar o uso de vários sotaques da língua portuguesa e fomentar o respeito pelas suas diferenças, sabendo valorizá-las como parte integrante do património oral.

Associaram-se a esta iniciativa pessoas oriundas de regiões diferentes de Portugal, trazendo aos nossos alunos os sotaques de S. Miguel, Norte e Sul de Portugal. O aluno Gonçalo Patrício foi o protagonista do sotaque terceirense, lendo duas divertidas histórias do imaginário popular terceirense, recolhidas da obra de Augusto Gomes “Alma da nossa gente”, intituladas “Caldos de Galinha nunca fizeram mal a ninguém” e “Mais vale tarde do que nunca”. A Encarregada de Educação, Paula Sousa, leu, com o seu sotaque do Norte de Portugal, a Lenda da Atlântida. A Dª Débora Rego, cujo sotaque micaelense é já famoso na escola, leu uma original e divertida versão à moda do “Nordeste” da obra de “Romeu e Julieta” de Shakespeare. A plateia ficou rendida ao sotaque e às expressões típicas de S. Miguel.  O professor Augusto Oliveira, por seu turno, apresentou o “Dicionário Tripeiro” e deu a conhecer, com o sotaque do Porto, algumas palavras e expressões exclusivas dessa cidade.

A professora Noélia Horta, com a sua graça e expressividade, terminou a sessão “Ler com sotaque” com a leitura de uma história tradicional do sul do Portugal, da região do Algarve.

A iniciativa foi do agrado dos alunos e só foi possível graças à disponibilidade demonstrada por todos os convidados, a quem desde já agradecemos a colaboração.

Continuar a ler

images

 

 

 

 

 

 

«O livro é como um rio. Tem a sua nascente e a sua foz. E assim como o rio se mistura na vastidão oceânica, funde-se o livro na massa do saber universal. A sua nascente é o autor. A foz, o leitor.»

Alocução proferida por Natália Correia, na inauguração da Livraria Nove Estrelas,
em Ponta Delgada, em 7.12.1981, dirigida por José de Almeida.