Dia do Pai


Ter um Pai! É ter na vida
Uma luz por entre escolhos ;
É ter dois olhos no mundo
Que veem pelos nossos olhos!

Ter um Pai! Um coração
Que apenas amor encerra,
É ver Deus, no mundo vil,
É ter os céus cá na terra!

Ter um Pai! Nunca se perde
Aquela santa afeição,
Sempre a mesma, quer o filho
Seja um santo ou um ladrão ;

Talvez maior, sendo infame
O filho que é desprezado
Pelo mundo ; pois um Pai
Perdoa ao mais desgraçado!

Ter um Pai! Um santo orgulho
Pró coração que lhe quer
Um orgulho que não cabe
Num coração de mulher!

Embora ele seja imenso
Vogando pelo ideal,
O coração que me deste
Ó Pai bondoso é leal!

Ter um Pai ! Doce poema
Dum sonho bendito e santo
Nestas letras pequeninas,
Astros dum céu todo encanto!

Ter um Pai! Os órfãozinhos
Não conhecem este amor!
Por mo fazer conhecer,
Bendito seja o Senhor!

Florbela Espanca

 

Anúncios

Dia da Biblioteca Escolar

Aproveitando o Dia da Biblioteca Escolar e o facto de parte dos nossos alunos terem interesse na modalidade de voleibol, a Biblioteca Escolar convidou para uma entrevista, via Skype, o Coordenador da Formação de Voleibol do Sport Lisboa e Benfica e treinador de Juvenis Masculinos e Seniores B. Assim, no dia 23 de Outubro, os alunos do 8ºA, 9ºA e B, praticantes ou interessados pelo desporto, pelo voleibol e pelo Benfica entrevistaram Diogo Carneiro.

As turmas, maioritariamente representadas por alunas, praticantes de voleibol da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo e da Associação Desportiva e Recreativa Escolar Praiense, tiveram oportunidade de conhecer mais sobre o percurso e a experiência de Diogo Carneiro, em termos académicos e profissionais.

Diogo Carneiro revelou que os sete anos de permanência no Benfica como treinador de Voleibol, e agora Coordenador de Formação, têm sido um desafio e a concretização de um projeto de equipa do qual se orgulha e de onde retira muita satisfação.

Este é um excerto da entrevista realizada:

“Quando era da nossa idade gostava de estudar?”. “Nem por isso…mas sempre tive como objetivo nunca obter níveis inferiores a três e, no último período, ser aluno de cinco a todas as disciplinas”.

“Quando decidiu ser treinador?”. “Quando era da vossa idade sugeri à minha professora de Educação Física ser treinador de minivoleibol na escola onde estudava”.

“Tem algum conselho específico para nos dar?”. “O importante é que se sintam bem na modalidade que praticam e na equipa em que estão, independentemente de estarem a jogar ou de estarem no banco, de jogar melhor ou pior”.

“Tem algum ritual antes dos jogos?”. “Gosto de levar o jogo bem preparado, analisar os jogos com os meus atletas e prepararmo-nos o melhor possível.”

-“Costuma ver os jogos de Benfica com a A. J. da Fonte do Bastardo?”. “Sim, excepto quando tenho jogos”.

“Como era a biblioteca da sua escola?”. “Fui um privilegiado, porque estudei numa escola com cerca de 100 anos, cuja biblioteca era impressionante e nos fornecia toda a informação que precisávamos, uma vez que na altura não havia internet”.

“Qual é o seu livro preferido?”. “Tenho alguns… mas o meu preferido é “O Principezinho” de Antoine de Saint-Exupèrie. Aconselho que o leiam e, passados cinco anos voltem a ler, continuem a lê-lo sempre…”

A atividade que se desenvolveu entre as 12:30-13:00h, na Biblioteca da escola, respondeu ao desafio do mês Internacional da Biblioteca Escolar “conetando comunidades e culturas em 2017” e revelou-se uma experiência muito positiva para as turmas – “Gostámos muito!”.

Além desta atividade, toda a comunidade escolar foi convidada a preencher o mural “A minha Biblioteca É…”. As turmas do 3º ciclo deixaram uma frase coletiva sobre a temática.

Comemoração do dia internacional do cidadão portador de deficiência

 

A Biblioteca Escolar associou-se à comemoração do dia internacional do cidadão portador de deficiência que teve lugar na nossa escola, projeto promovido pelo Sindicato dos Professores da Região Açores, pertencente à FENPROF, e o Núcleo de Educação Especial da EBI da Praia da Vitória, promovendo uma sessão de contos e o visionamento do filme “Cuerdas” para os alunos da turma C do 3º ano.

A iniciativa teve como objetivo a sensibilização dos alunos para o respeito pela diferença e o convívio/inclusão dos alunos com necessidades educativas especiais.

 

img_7846 cuerdas-fotograma image-2 image

Dia de S. Valentim com concurso

tumblr_nbw78lFfwB1s2wio8o1_500
Este mês, a Biblioteca Escolar vai realizar o concurso sobre o St. Valentine’s Day, da responsabilidade do Grupo Disciplinar de Inglês.

Para participares dirige-te à Biblioteca Escolar e retira uma folha de participação, junto ao expositor, onde deves assinalar as respostas que consideres corretas e, após o seu preenchimento, deixá-la na caixa ali colocada para o efeito. As questões são de escolha múltipla e cada uma vale 5 pontos.

No final do ano letivo será atribuído um certificado aos participantes e um prémio aos três alunos que obtiverem maior pontuação. No caso de empate, os alunos envolvidos terão que realizar uma prova de cultura geral, sem consulta, da responsabilidade da Equipa da Biblioteca Escolar. Todos os alunos podem participar neste concurso até ao próximo dia 15 de fevereiro.

A Biblioteca Escolar agradece, uma vez mais, a colaboração do grupo disciplinar de Inglês do 2º Ciclo.

Projeto (Re) Contos assinala na BE Dia Mundial dos Direitos Humanos

 

A docente Paula Cabral da ES Vitorino Nemésio e os seus alunos Simão Fonseca (11ºD), Gonçalo Pacheco (11ºD), Jéssica Silva (11ºC) e Marlene Silva (11ºC) apresentaram na biblioteca da nossa escola, aos alunos das três turmas do 1º ano, um conjunto de 4 contos.

As narrativas que foram selecionadas pelos nossos parceiros da escola vizinha tiveram como sentido os direitos humanos e valores como a tolerância e o respeito pela diferença. Não se podia pedir mais no dia 10 de dezembro em que se celebram os Direitos Humanos. As crianças mostraram-se interessadas e até foram convidadas a participar nas dramatizações desses contos.

Os alunos da Escola Secundária Vitorino Nemésio apresentaram as seguintes obras: “O sal e a água” , in Contos Tradicionais do Povo Português, Teófilo Braga (recolha); “A bruxa bondosa”, in Histórias Maravilhosas, de Augusto Pinto; “História Mínima”, in A lâmpada de Aladino, de Luís Sepúlveda (Porto, Porto Editora, 2008, pp. 37-38 – questões de discriminação e Direitos Humanos); “O cão Faísca e o gato Farrusco”, in Parábolas em Português, de Inácio Rebelo de Andrade (Lisboa, Vega, 1999, pp. 13-16).
A biblioteca expressa à professora Paula Cabral e aos seus alunos um enorme agradecimento pelo cuidado tido na preparação da apresentação dos contos e pela genuína e extraordinária disponibilidade em deslocarem-se à nossa biblioteca, uma vez mais, e com ela colaborarem.

Escritor Joel Neto na Biblioteca Escolar

 

Inserida no programa do Instituto Açoriano de Cultura (IAC) para a celebração do Dia Mundial do Livro, a Biblioteca Escolar recebeu hoje, dia 23, a visita do escritor e cronista Joel Neto, o qual durante mais de uma hora falou da sua escrita, da literatura, dos livros e de si, naquilo que foi uma autêntica “narrativa” inspiradora e que certamente despertou ainda mais nos alunos o interesse pela leitura e pela escrita. Os mais de sessenta alunos de três turmas de 6º ano puderam, com toda a naturalidade, colocar inúmeras questões ao escritor, criando um ambiente de empatia e manifesto interesse pela criação literária de Joel Neto.

O epílogo da atividade não podia ter sido melhor, com a oferta de um livro a todos os alunos.

Cumpre-nos agradecer ao Joel Neto pela edificante sessão a que tivemos o privilégio de assistir e enaltecer o IAC, na figura do Eng. Paulo Raimundo, responsável pela iniciativa, que possibilitou que a mesma se realizasse na nossa escola.

Fazemos votos para que estas iniciativas se repitam. Um agradecimento mais a todos os envolvidos nesta atividade cultural e que permitiram a sua concretização.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

“Dá-me um sorriso, dar-te-ei um livro”

IAC_Dia Mundial LivroDirecionado para um público-alvo jovem e desenvolvido em ambiente escolar, será proferida na próxima quinta-feira, dia 23 – Dia Mundial do Livro – uma pequena palestra/conversa na Biblioteca Escolar, entre o escritor Joel Neto e os alunos de algumas turmas desta escola, no decurso da qual se partilharão os “mistérios” da escrita e o “preço” para nos tornarmos naquilo que sonhamos em novos.

No decurso desta ação serão distribuídos a todos os presentes, exemplares de livros editados pelo IAC e destinados a esse mesmo escalão etário (História de um naufrágio nos Açores).

Agradecemos a iniciativa ao Instituto Açoriano de Cultura.

Concurso BD

 

O grupo de História e Geografia de Portugal do 2º ciclo promoveu, pelo terceiro ano consecutivo, o concurso de Banda Desenhada, integrado na comemoração do Dia do Patrono.

O desafio foi direcionado a todos os alunos da Escola, tendo deste resultado um alargado conjunto de lindíssimos trabalhos produzidos pelos alunos do segundo ciclo, do qual resultou uma exposição patente na Biblioteca Escolar e Centro de Recursos Educativos.

Tratando-se de uma iniciativa aberta à comunidade, decorreu no dia 19 de março, no local da exposição, a cerimónia pública de entrega dos prémios e certificados de participação a todos os jovens artistas.

O Grupo de HGP prestou um agradecimento especial aos professores Lúcia Sozinho, Helena Louro e José Espadinha pela sua importante colaboração e ao Instituto Açoriano de Cultura pelos prémios atribuídos aos vencedores.

Poemas andantes

 

O grupo de Português do 2º Ciclo e a Biblioteca Escolar assinalaram o Dia Mundial da Poesia com um conjunto de iniciativas, entre as quais os “poemas andantes”. Desta forma, os alunos de 5º e 6º ano, transformados em “poemas andantes”, levaram a cada turma, mediante um escalonamento prévio, um conjunto de poemas por si escolhidos para serem declamados, alargando ainda esse momento de poesia ao 1º Ciclo. Um agradecimento aos participantes e aos alunos do 5º e 6º ano selecionados para a atividade de declamação, pelo seu empenho e criatividade.

Viva a poesia!

IMG_20150318_092215353IMG_20150318_101423956_HDR