PNL – Oferta de Livros à Biblioteca

A Direção Regional da Educação, através do Plano Regional de Leitura, ofereceu à nossa biblioteca escolar um conjunto de livros destinados aos alunos de todos os níveis de ensino. (ver quadro)

O nosso muito obrigado.

Capturar

Anúncios

Itinerância de contos

Iniciou-se em outubro a atividade “Itinerância de contos” – dinamização de sessões de contos –  que leva elementos da equipa da biblioteca todas as semanas, a uma das EB1/JI da unidade orgânica. Nesta primeira fase, quase concluída, já foram contempladas onze escolas.

São feitas nas escolas duas sessões nas manhãs de terça feira, destinadas ao grupo do Pré-Escolar e 1º ciclo, podendo haver variações em conformidade com o número de turmas e populações escolares.

As obras usadas para as sessões são: “Dez dedos de conversa”, de António Torrado, “Zbiriguidófilo e outras histórias”, de Pitum Keil do Amaral e “Atchuuu! – O guia completo das boas maneiras”, de Mij Kelly e Mary McQuillan.

A competência e o dinamismo da professora Noélia Horta como contadora de histórias e a experiência na planificação e organização da professora Teresa Meneses, têm sido fundamentais para o sucesso da atividade.

O nosso agradecimento a todos os alunos, professores e auxiliares pela participação, apoio e receptividade ao longo da atividade.

Dia Mundial da Alimentação

Para comemorar o Dia Mundial da Alimentação, no dia 16 de outubro, o departamento de Ciências Exatas, do 2º ciclo, em parceria com a Biblioteca Escolar organizaram um concurso para eleger a melhor sopa e promoveram, quatro sessões especiais da “Hora do Conto”. A história escolhida foi “A menina que não gostava de fruta”, de Cidália Fernandes – obra que integra o Plano Nacional de Leitura – e que foi contada de modo muito expressivo pelas professoras Noélia Horta, Teresa Meneses e Fátima Trancho a 5 turmas do 1º Ciclo e duas da educação especial. Esta foi uma forma lúdica de sensibilizar os mais jovens para a importância de uma alimentação racional e equilibrada com recurso ao livro.

Em cada turma do 6º ano, os alunos organizaram um concurso para eleger a melhor receita de sopa. A sopa eleita por turma foi confecionada pelos alunos e encarregados de educação.

Nesse mesmo dia, no refeitório da escola, realizou-se o Festival de Sopas com as 7 sopas apresentadas. Os alunos do 6º ano e toda a Comunidade Escolar fizeram a prova das sopas e votaram na melhor sopa.

Da prova faziam parte as sopas: Creme de cenoura, da aluna Bianca Lima, do 6º B; Puré de abóbora, da aluna Inês Castro, do 6ºC; Sopa de cenoura, do aluno Ricardo Dinis, do 6ºD; Sopa de abóbora-menina assada, da aluna Leonor Bettencourt, do 6ºE; Creme de cenoura e laranja, da aluna Constança Oliveira, do 6ºF; Sopa de frango com legumes, do aluno Miguel Leonardo, do 6ºG e Creme de legumes, da aluna Inês Azevedo, do 6ºH.

O vencedor da melhor sopa foi o aluno do 6º D, Ricardo Dinis, com a sopa de cenoura.

Todos os alunos que apresentaram a sopa, receberam um livro de receitas, com as receitas das sopas a concurso.

O grupo disciplinar de Ciências da Natureza do 2º Ciclo expôs na biblioteca as receitas elaboradas pelos seus alunos sobre a temática. Parabéns aos alunos e aos docentes pela qualidade do trabalho apresentado.

Com este evento pretendeu-se consciencializar a Comunidade Escolar para a importância da sopa na nossa alimentação.

Livro de Receitas: https://pt.calameo.com/read/0019815670fd273ac360b

“Pedras com história” e “Exposição de minerais”

IMG_8759A equipa da biblioteca escolar recebeu durante a semana de 20 a 24 de novembro, as turmas do 4º ano e da Educação Especial, no âmbito da atividade conjunta “Pedras com história” e “Exposição de minerais”. Esta iniciativa teve como propósito despertar o interesse dos alunos para as Ciências em geral e para a Geologia em particular, levando-os a reconhecer a existência de uma grande diversidade de rochas e minerais na Natureza.

Os alunos foram acolhidos junto à exposição de rochas e minerais e aí tiveram a oportunidade de acompanhar as explicações do professor Cláudio Ferreira.

Em seguida, os discentes foram convidados a observar diferentes tipos de areias com o auxílio de lupas binoculares, tendo sido visível a agradável surpresa e deleite que esta atividade lhes proporcionou. No decurso da mesma, os alunos tomaram contato com os livros de geologia que a biblioteca preparara como complemento à exposição de rochas e minerais.

E se é verdade que cada rocha tem uma história para contar, a equipa da biblioteca não quis ficar atrás; convidou os alunos para uma sessão de conto em que os protagonistas da história foi “uma enorme pedra”, fazendo-se, por essa via, a ligação entre diferentes literacias.

Por fim, os alunos foram convidados a completar uma história inacabada, mais tarde, na sua sala de aula, para a qual foram convidados a imaginar a grande aventura de um grão de areia levado pelo vento…

Resta-nos aguardar pelos trabalhos dos alunos e apresentá-los para publicação no jornal escolar e neste blog.

Um agradecimento especial às professoras Cidália Machado e Susana Meireles e à equipa da Biblioteca Escolar pela colaboração prestada (pessoal docente e não docente).

Canta Comigo, Leio Contigo

No âmbito do Plano Regional de Leitura, da Direção Regional da Educação, em colaboração com a Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, recebemos, no dia 9 de novembro, na nossa biblioteca, o projeto “Canta comigo, leio contigo”.

Foram realizadas duas sessões para alunos do 3º ano e 4º ano(PCA) dinamizadas pelas contadoras de histórias Alda Casqueira Fernandes e Anabela Cura que conseguiram impressionar pelo excelente desempenho e profissionalismo, envolvendo com bastante entusiasmo o público presente.

Novos livros na BE

No decorrer da feira do livro do “Outono Vivo” e devido à generosa oferta por parte da Câmara Municipal da Praia da Vitória, a nossa biblioteca pode adquirir um considerável número de livros para ambos os ciclos do ensino básico.

Aguardamos a vossa visita. Boas leituras.

Todos Juntos Podemos Ler

IMG_8134

No âmbito do projeto “Todos Juntos Podemos Ler” e do protocolo estabelecido entre a Direção Regional de Educação e a Fundação PT, a nossa Biblioteca foi beneficiada com um computador portátil, um tablet e diverso software para a Educação Especial, material que poderá ser requisitado por todas as escolas desta unidade orgânica.

A entrega destes equipamentos pedagógicos foi feita no passado dia 12 de Outubro pela Professora Fátima Sousa, assessora da RRBE, e pela Psicóloga Sandra Martins, uma das responsáveis pelo projeto.

Equipa Vencedora do Bibliopaper

IMG_8377Concluída a Atividade “À Descoberta da Biblioteca Escolar”, informamos que a equipa vencedora do Bibliopaper foi a equipa “Luísa Ducla Soares”, constituída pelos alunos Diogo Aguiar, Duarte Sousa, Elvira Pereira, Gonçalo Moniz e Inês Santos, do 5º G. Em 2º e 3º lugares classificaram-se as equipas Vitorino Nemésio e Álvaro Magalhães, também do 5º G. Refira-se que os vencedores gastaram 10 minutos para responder corretamente a todas as questões.

Foi com surpresa e alguma emoção que a turma recebeu a notícia que os três primeiros lugares do referido concurso lhes pertenciam.

A Biblioteca Escolar felicita a equipa ganhadora e agradece a participação de todos os alunos do 5º ano de escolaridade.

 

À descoberta da Biblioteca Escolar

Ao longo das últimas duas semanas, decorreu na Biblioteca da nossa Escola, a atividade “À descoberta da Biblioteca Escolar” que contou com a presença das nove turmas do quinto ano. A boa disposição e o empenho com que os alunos abraçaram esta iniciativa foi extremamente positiva.

A Equipa da Biblioteca Escolar agradece a todos os intervenientes o sucesso alcançado.

Fim de ciclo com uma pequena mudança e um grande abraço

Na minha última deslocação à escola, dia 25, para passagem de testemunho ao novo coordenador da biblioteca da EBI da Praia da Vitória, a quem desejo os maiores sucessos, tive oportunidade de proceder à minha última intervenção nesse espaço, alterando a configuração da área da leitura formal. Na verdade, demasiado formal e parecida com a sala de aula, o espaço de leitura da biblioteca merecia uma configuração mais apelativa, amigável e até confortável, por forma a atrair mais alunos para a leitura. Esperemos que essa nova disposição possa trazer mais alunos para si. Pela foto que tirei momentos depois da alteração, parece que a ideia resultou. Em setembro se concluirá melhor.

Não posso deixar de expressar um agradecimento a todos os que ajudaram a biblioteca escolar a melhorar, a mostrar-se presente e útil na comunidade escolar e a integrar a Rede Regional de Bibliotecas Escolar. Um agradecimento e um abraço a todos os colaboradores, sem exceção, merecendo um abraço reforçado a funcionária da biblioteca Dª Maria João, pela sua competência, profissionalismo e qualidades humanas demonstradas.

Até sempre.

Augusto Oliveira (doravante apenas um dos 566 seguidores deste blog).