Escritor Pedro Seromenho na EBIPV

Cartaz_Pedro_Seromenho_Escola

Anúncios

Escritor Emanuel Areias na BE

IMG_8553

Nos dias 7 e 8 de novembro, recebemos o escritor Emanuel Areias na biblioteca da nossa escola, em quatro sessões de apresentação do seu recente livro “Crónicas de um estudante ilhéu”, à qual puderam assistir todos os alunos do 7º ano.

Emanuel Areias nasceu a 27 de Agosto de 1996 e é natural da Vila Nova, ilha Terceira e foi aluno na nossa escola. Desde tenra idade começou a interessar-se pela História Contemporânea Portuguesa, pela política a nível nacional e internacional. Com 16 anos de idade escreveu o primeiro artigo de opinião para o Diário Insular, intitulado “Improviso Popular confronta gerações”, tendo por objeto um tema de que gosta muito, a cantoria. É estudante do último ano de História Moderna e Contemporânea, no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa. De 2013 a 2014, publicou vários artigos de opinião em jornais açorianos, nomeadamente no Diário Insular, Açoriano Oriental e Jornal da Praia. Em Maio de 2014 iniciou uma parceria com a plataforma online Azores Digital que mantém até hoje. É autor do livro “Observar não Chega.”

No final das sessões o escritor fez questão de deixar um exemplar do livro apresentado na nossa biblioteca.

Pedro Seromenho na EBI da Praia da Vitória

 

Estará amanhã, dia 2 de novembro, na EBI da Praia da Vitória e em mais oito escolas durante a sua estada na Terceira (de 2 a 6), o escritor Pedro Seromenho que levará a magia da sua escrita e das suas ilustrações a centenas de alunos. De nacionalidade portuguesa, Pedro Seromenho nasceu em 1975, na cidade de Salisbúria (Harare), República do Zimbabué. Com apenas dois anos de idade fixou-se em Tavira e mais tarde em Braga, onde reside atualmente. Embora se tenha formado em Economia, desde muito cedo demonstrou excecionais apetências pelo universo da escrita e da pintura, colaborando em inúmeras publicações e exposições como escritor e ilustrador. Após editar o seu primeiro livro de poesia “Rostos e Riscos”, em 2000, o autor obteve sucesso com os livros infanto-juvenis “A Nascente de Tinta” e “O Reino do Silêncio” (aventuras do pequeno Gonçalo) agora reeditados pela editora Paleta de Letras. Daí para a frente muitos outros livros publicou e que vão fazendo o maior sucesso junto do público infanto-juvenil.

Amanhã teremos certamente fantásticas sessões com este extraordinário escritor e ilustrador.

11 pedro

 

Joel Neto na Biblioteca Escolar da EBIPV

 

Este slideshow necessita de JavaScript.


Foi com um enorme prazer que voltamos a receber a visita do escritor terceirense Joel Neto na nossa biblioteca escolar, no âmbito da atividade “Os livros da minha vida”. Tivemos o privilégio de conhecer as obras e autores que mais o marcaram enquanto leitor ao longo da sua vida e de o escutar a respeito da leitura e da escrita, das suas obras e dos seus projetos, das suas convicções e ideias. Uma sessão de autor excepcional e do manifesto agrado de todos. As questões colocadas pelos alunos foram inúmeras durante os 90 minutos deste encontro com o escritor.

Joel Neto é autor de vários livros, entre os quais Arquipélago, recente best-seller e porventura a sua obra mais popular, publicada em 2015. Lançou esta quarta-feira, dia 18, o seu mais recente livro “A vida no campo”, que é um diário do seu regresso à terra e às raízes, à sua simplicidade e encanto, obra que reúne as crónicas por si publicadas no jornal Diário de Notícias e que se afigura já como um grande sucesso. A Biblioteca conta ter já na próxima semana a sua mais recente obra “A vida no campo”.

Joel Neto é um escritor de escrita escorreita e límpida, na qual o leitor é conduzido numa viagem onde prevalecem pequenas e grandes descobertas, numa narrativa plena de gentes e lugares singulares e de palavras cristalinas que nos deixam implicados na leitura.

É um excecional contador de histórias e nas suas obras tudo é descrito com transparência, clareza e detalhe, o que faz com que muitas vezes o leitor, até pela familiaridade dos locais e gentes, se torne quase uma personagem da narrativa.

Há escritores que são um deleite na escrita e na oratória: Joel Neto é um deles. É além disso uma pessoa simples e com visíveis qualidades que faz com que nos aproximemos de si e da sua escrita.

Agradecemos a sua presença e desejamos-lhe a continuidade do sucesso literário e pessoal que merece.

Até um dias destes na biblioteca da escola ou num outro qualquer lugar ou caminho da Terceira.

“Os livros da minha vida” – Joel Neto

images-3

Na próxima sexta-feira, dia 20, o escritor e cronista Joel Neto vai estar na biblioteca da EBIPV para nos falar dos livros da sua vida. Esta é a segunda vez que Joel Neto nos distingue com a sua presença, curiosamente, sempre em cima da edição de um livro seu. No ano passado tivemo-lo na nossa escola nos finais de abril, em vésperas do lançamento da sua magnífica obra “Arquipélago”. Recordo até que nos falou desse livro que à data ainda não tinha título, ou melhor, não havia sido escolhido de entre três possíveis. Já amanhã, dia 18, será lançada a sua nova obra “A vida no campo”, que sabemos que tem já toda a sua 1ª edição esgotada.

Os alunos do Clube de Leitura estão a preparar a atividade “Os livros da minha vida” e têm produzido materiais de suporte à iniciativa. Vão estar presentes nesta sessão com o escritor uma turma do 5º ano e três do 6º ano, num total de 72 alunos, o que significa lotação esgotada na biblioteca.

Há escritores que são um deleite na escrita e na oratória: Joel Neto é um deles. É além disso uma pessoa simples e próxima. Seja bem vindo, caro amigo, à nossa escola. A sua presença honra-nos.

 

Sessão com Elisabete Jacinto

 

 

Foi um enorme prazer receber Elisabete Jacinto na nossa escola, nome consagrado do desporto motorizado nacional, que despertou ao longo destas últimas semanas uma enorme curiosidade junto dos nossos alunos, em particular do público do Clube de Leitura.
Elisabete Jacinto é uma mulher multifacetada: piloto todo o terreno, escritora, professora de Geografia e desportista. Possui um invejável currículo desportivo, com classificações excecionais obtidos em provas nacionais e internacionais.
Do seu vasto palmarés desportivo, constam excelentes participações em provas como o Paris Dakar, o Granada Dakar e o Master Rali, entre outras, conduzindo motos, automóveis e camiões.
Foi por essa razão e com toda a justiça que lhe foi atribuída uma das mais importantes condecorações nacionais, a de Oficial da ordem de Mérito, atribuída pelo então Presidente da República Dr. Jorge Sampaio.
Elisabete Jacinto tem ainda outras atividades para além da escrita e da competição motorizada, nomeadamente, o mergulho (também já o praticou na Terceira), a fotografia, o alpinismo e paraquedismo. Como se depreende, a Elisabete Jacinto é uma mulher singular, intrépida e audaz, de múltiplos talentos e vocações, em que os desafios e a aventura são uma expressão do seu posicionamento na vida.
As suas experiências, em diferentes culturas e continentes, que as diferentes competições lhe proporcionaram, foram inspiradoras para as suas obras que hoje na nossa escola estiveram em destaque: “Os Tugas no Dakar” 1 e 2, em Banda Desenhada, e “Irina no Master Rali”, uma narrativa de aventuras.
Agradecemos uma vez mais a sua presença, que muito nos honrou, e que contribuiu para que os nossos alunos extraíssem das experiências que nos relatou importantes lições de vida.

Elisabete Jacinto na EBI da Praia da Vitória

 
No próximo dia 7 de março, Elisabete Jacinto, escritora e piloto portuguesa de todo-terreno, com várias participações do ”Dakar”, entre 1998 e 2009, vai estar na biblioteca da nossa escola para nos falar dos seus livros e das suas aventuras desportivas. Elisabete Jacinto é também professora de Geografia, autora de manuais escolares, co-autora da BD Os Portugas no Dakar e autora do livro Irina no Master Rali. A sua visita está já a ser preparada pelos alunos do Clube de Leitura.
Os livros da autora estão já disponíveis para requisição na nossa biblioteca.

Boas leituras.

images-5El JaC 3

“Ungali” pela voz da escritora

 

Elsa Serra dedicou o dia 9 e 10 à realização de sessões de conto pelas bibliotecas das escolas na apresentação da sua obra”Ungali”. Foram contemplados com as referidas sessões mais de duzentos alunos da EBI da Praia da Vitória, tendo-se alargado a iniciativa, pela primeira vez, às escolas do 1º ciclo da unidade orgânica.

Em todas as escolas a receção foi extraordinária e o entusiasmo dos alunos foi enorme para com a escritora e o seu livro.

Agradecemos à autarquia da Praia da Vitória todo o apoio prestado que possibilitou a vinda da escritora e contadora de histórias à Terceira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Elsa Serra na Praia da Vitória

Elsa

 

A escritora, contadora de histórias, formadora, atriz e animadora vai estar de 7 a 11 na Praia da Vitória, no âmbito de uma iniciativa conjunta da EBI da Praia da Vitória e da edilidade local. A escritora estará em várias escolas do concelho a promover sessões de conto da sua última obra “Ungali” , recomendado pelo Plano Nacional de Leitura, nos dias 9 e 10. Participará simultaneamente no evento cultural Outono Vivo, numa sessão com os contadores de histórias Valter Peres e Ricardo Ávila (dia 9, segunda, às 21h30) e na apresentação da sua obra, dia 8, domingo, pelas 20:30 horas. A escritora, com uma vasta experiência em formação associada ao livro e à sua exploração para o público infantil, realizará a formação “Oficina de contadores de histórias”, certificada pela Entidade Formadora da EBI da Praia da Vitória, destinada às equipas das bibliotecas escolares e biblioteca municipal do concelho. A sua presença afigura-se como uma oportunidade de enriquecimento pessoal e de desenvolvimento de competências profissionais em prol da literacia da leitura.

O seu livro “Ungali” integra o Projeto Ler + no 1º Ciclo, promovido pela Rede Regional das Bibliotecas Escolares, destinado aos alunos do 2º ano, que será alvo de exploração em todas as turmas do 2º ano da nossa unidade orgânica. Os alunos do Ensino Especial da EBI da Praia da Vitória e respetivos docentes anteciparam a leitura e exploração da obra, numa atividade muito criativa à volta do “Ungali”. Merecem, naturalmente, um particular destaque pelo empenho e participação nesta oportunidade de associar também a leitura à inclusão, fazendo da biblioteca escolar um espaço que se pretende afirmar, inequivocamente, para todos.

Elsa Serra é contadora (narradora) de histórias desde 1999. Cofundadora da Associação Histórias Desenhadas e projeto CLIC – Clube de Literatura, Ilustração e Companhia, tem desenvolvido, enquanto animadora e contadora de histórias, ateliês de escrita criativa e de expressão dramática dirigidos a mediadores de leitura, técnicos de biblioteca, educadores, professores, pais e outros animadores de leitura. Trabalhou com a Fundação Calouste Gulbenkian, o Centro Nacional de Banda Desenhada e Imagem, o Centro Nacional de Cultura e diversas câmaras municipais e escolas. Desde 2001 que colabora com a DGLB – Direção Geral do Livro e das Bibliotecas no programa de Itinerância de Promoção da Leitura. Representou Portugal no 11.º Encontro de Contadores de Histórias, na Feira do Livro de Buenos Aires, na Argentina, em 2006. Foi responsável pelos conteúdos e locução no site Cata Livros, entre 2010 e 2011. Trabalhou como atriz e produtora em vários espetáculos e animações, nomeadamente no grupo de teatro O Olho, O Bando e Batatinha e Companhia, entre outros. Já publicou vários livros, nomeadamente Ungali, da Porto Editora, recomendado pelo Plano Nacional de Leitura para o 1.º ano de escolaridade – leitura autónoma.

Feira do Livro 2015 – Outono Vivo

 

A Feira do Livro é inaugurada hoje à noite, pelas 10 horas, na Academia da Juventude e Artes da Ilha Terceira, logo após a sessão solene de abertura do evento cultural “Outono Vivo”, este ano subordinado ao tema “A Ilha dos Amores”.

A feira este ano apresenta mais de vinte mil livros em exposição e foi notória a preocupação da organização em diversificar a oferta, introduzindo novas editoras e livros de diferentes géneros literários. Parabéns aos seus responsáveis pela hercúlea tarefa de organizar uma feira desta dimensão.

Não perca a oportunidade de visitar a Feira do Livro 2015.