PNL – Oferta de Livros à Biblioteca

A Direção Regional da Educação, através do Plano Regional de Leitura, ofereceu à nossa biblioteca escolar um conjunto de livros destinados aos alunos de todos os níveis de ensino. (ver quadro)

O nosso muito obrigado.

Capturar

Anúncios

Novos livros na BE

No decorrer da feira do livro do “Outono Vivo” e devido à generosa oferta por parte da Câmara Municipal da Praia da Vitória, a nossa biblioteca pode adquirir um considerável número de livros para ambos os ciclos do ensino básico.

Aguardamos a vossa visita. Boas leituras.

Escritor Emanuel Areias na BE

IMG_8553

Nos dias 7 e 8 de novembro, recebemos o escritor Emanuel Areias na biblioteca da nossa escola, em quatro sessões de apresentação do seu recente livro “Crónicas de um estudante ilhéu”, à qual puderam assistir todos os alunos do 7º ano.

Emanuel Areias nasceu a 27 de Agosto de 1996 e é natural da Vila Nova, ilha Terceira e foi aluno na nossa escola. Desde tenra idade começou a interessar-se pela História Contemporânea Portuguesa, pela política a nível nacional e internacional. Com 16 anos de idade escreveu o primeiro artigo de opinião para o Diário Insular, intitulado “Improviso Popular confronta gerações”, tendo por objeto um tema de que gosta muito, a cantoria. É estudante do último ano de História Moderna e Contemporânea, no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa. De 2013 a 2014, publicou vários artigos de opinião em jornais açorianos, nomeadamente no Diário Insular, Açoriano Oriental e Jornal da Praia. Em Maio de 2014 iniciou uma parceria com a plataforma online Azores Digital que mantém até hoje. É autor do livro “Observar não Chega.”

No final das sessões o escritor fez questão de deixar um exemplar do livro apresentado na nossa biblioteca.

Dia da Biblioteca Escolar

Aproveitando o Dia da Biblioteca Escolar e o facto de parte dos nossos alunos terem interesse na modalidade de voleibol, a Biblioteca Escolar convidou para uma entrevista, via Skype, o Coordenador da Formação de Voleibol do Sport Lisboa e Benfica e treinador de Juvenis Masculinos e Seniores B. Assim, no dia 23 de Outubro, os alunos do 8ºA, 9ºA e B, praticantes ou interessados pelo desporto, pelo voleibol e pelo Benfica entrevistaram Diogo Carneiro.

As turmas, maioritariamente representadas por alunas, praticantes de voleibol da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo e da Associação Desportiva e Recreativa Escolar Praiense, tiveram oportunidade de conhecer mais sobre o percurso e a experiência de Diogo Carneiro, em termos académicos e profissionais.

Diogo Carneiro revelou que os sete anos de permanência no Benfica como treinador de Voleibol, e agora Coordenador de Formação, têm sido um desafio e a concretização de um projeto de equipa do qual se orgulha e de onde retira muita satisfação.

Este é um excerto da entrevista realizada:

“Quando era da nossa idade gostava de estudar?”. “Nem por isso…mas sempre tive como objetivo nunca obter níveis inferiores a três e, no último período, ser aluno de cinco a todas as disciplinas”.

“Quando decidiu ser treinador?”. “Quando era da vossa idade sugeri à minha professora de Educação Física ser treinador de minivoleibol na escola onde estudava”.

“Tem algum conselho específico para nos dar?”. “O importante é que se sintam bem na modalidade que praticam e na equipa em que estão, independentemente de estarem a jogar ou de estarem no banco, de jogar melhor ou pior”.

“Tem algum ritual antes dos jogos?”. “Gosto de levar o jogo bem preparado, analisar os jogos com os meus atletas e prepararmo-nos o melhor possível.”

-“Costuma ver os jogos de Benfica com a A. J. da Fonte do Bastardo?”. “Sim, excepto quando tenho jogos”.

“Como era a biblioteca da sua escola?”. “Fui um privilegiado, porque estudei numa escola com cerca de 100 anos, cuja biblioteca era impressionante e nos fornecia toda a informação que precisávamos, uma vez que na altura não havia internet”.

“Qual é o seu livro preferido?”. “Tenho alguns… mas o meu preferido é “O Principezinho” de Antoine de Saint-Exupèrie. Aconselho que o leiam e, passados cinco anos voltem a ler, continuem a lê-lo sempre…”

A atividade que se desenvolveu entre as 12:30-13:00h, na Biblioteca da escola, respondeu ao desafio do mês Internacional da Biblioteca Escolar “conetando comunidades e culturas em 2017” e revelou-se uma experiência muito positiva para as turmas – “Gostámos muito!”.

Além desta atividade, toda a comunidade escolar foi convidada a preencher o mural “A minha Biblioteca É…”. As turmas do 3º ciclo deixaram uma frase coletiva sobre a temática.

Concurso “Cientista VIP”

Cientista VIP

Alunos do 3º Ciclo

Na Biblioteca Escolar

3 questões que dão que pensar

Não deixes de participar

 

Como participar:

Todos os meses retira uma folha de participação, junto ao expositor, onde deves assinalar as respostas que considerares corretas.

Após o seu preenchimento, deixa-a na caixa ao lado.

As questões são de escolha múltipla e cada resposta correta vale 10 pontos.

No final do ano letivo será atribuído um certificado aos participantes e um prémio ao aluno que obtiver maior pontuação. No caso de empate, os alunos envolvidos terão que realizar um desafio final.

Podem participar no concurso até ao último dia de cada mês todos os alunos do 3º ciclo.

Vencedores do concurso “Cientista VIP”

Teve lugar na biblioteca escolar a entrega de prémios e certificados aos quatro alunos melhor classificados no concurso “Cientista VIP”, iniciativa do Departamento de Ciências do 3º Ciclo. Os alunos receberam um certificado de participação e diversos prémios, diga-se, inteiramente merecidos pela brilhante participação.

A todos os nossos parabéns e umas boas férias acompanhadas de excelentes leituras.

Agradecemos às docentes Susana Meireles e Cidália Machado, responsáveis por esta atividade que teve como propósito fomentar o interesse pela ciência, a colaboração prestada ao longo do ano com a biblioteca escolar.

Concurso “Palavras com História”

Teve lugar na biblioteca escolar, na sexta feira passada, a prova escrita relativa à 3ª edição do III Concurso Regional «Palavras com História». Participaram trinta e um alunos do 3º, 4º, 5º e 6º ano de escolaridade da EBI da Praia da Vitória. O concurso teve como tema “O mundo sem flores” e procurou estimular o prazer da escrita junto dos alunos açorianos.

Agradecemos o apoio dos docentes titulares do 1º Ciclo e do grupo de Português do 2º Ciclo.

Resta agora aguardar até ao final do ano letivo, confiantes de que uma vez mais esta escola terá um bom desempenho este ano, a exemplo das anteriores edições deste concurso.

img_20170217_103510093 img_20170217_103536107_hdr