Todos Juntos Podemos Ler – I Understand You

Na semana de 3 a 7 de dezembro a equipa da biblioteca escolar propõe a realização das atividades do projeto eTwinning “I Understand You” inserido no “Todos Juntos Podemos Ler” e deste modo também assinalar o dia internacional das pessoas com deficiência. Participem!

Capturar

Anúncios

Encontro com a Escritora Maria Francisca Macedo

 

A escritora Maria Francisca Macedo, autora da coleção “O Clube dos Cientistas”, realizou nos dias 30, 31 e 02 de novembro sessões de apresentação das suas obras. Foram contemplados com as referidas sessões mais de 600 alunos da EBI da Praia da Vitória, tendo-se alargado a iniciativa a duas escolas do primeiro ciclo da unidade orgânica.

Em todas as escolas a receção foi extraordinária e o entusiasmo dos alunos perante as experiências realizadas pela escritora foi enorme. O facto de estes poderem participar e efetuar as mesmas tornaram a apresentação ainda mais divertida e interessante.

A simpatia e disponibilidade da escritora foi excepcional.

Agradecemos à autarquia da Praia da Vitória e ao Sr. Carlos Lima todo o apoio prestado que possibilitou a vinda da escritora à nossa unidade orgânica.

Dia da Biblioteca Escolar

Aproveitando o Dia da Biblioteca Escolar e o facto de parte dos nossos alunos terem interesse na modalidade de voleibol, a Biblioteca Escolar convidou para uma entrevista, via Skype, o Coordenador da Formação de Voleibol do Sport Lisboa e Benfica e treinador de Juvenis Masculinos e Seniores B. Assim, no dia 23 de Outubro, os alunos do 8ºA, 9ºA e B, praticantes ou interessados pelo desporto, pelo voleibol e pelo Benfica entrevistaram Diogo Carneiro.

As turmas, maioritariamente representadas por alunas, praticantes de voleibol da Associação de Jovens da Fonte do Bastardo e da Associação Desportiva e Recreativa Escolar Praiense, tiveram oportunidade de conhecer mais sobre o percurso e a experiência de Diogo Carneiro, em termos académicos e profissionais.

Diogo Carneiro revelou que os sete anos de permanência no Benfica como treinador de Voleibol, e agora Coordenador de Formação, têm sido um desafio e a concretização de um projeto de equipa do qual se orgulha e de onde retira muita satisfação.

Este é um excerto da entrevista realizada:

“Quando era da nossa idade gostava de estudar?”. “Nem por isso…mas sempre tive como objetivo nunca obter níveis inferiores a três e, no último período, ser aluno de cinco a todas as disciplinas”.

“Quando decidiu ser treinador?”. “Quando era da vossa idade sugeri à minha professora de Educação Física ser treinador de minivoleibol na escola onde estudava”.

“Tem algum conselho específico para nos dar?”. “O importante é que se sintam bem na modalidade que praticam e na equipa em que estão, independentemente de estarem a jogar ou de estarem no banco, de jogar melhor ou pior”.

“Tem algum ritual antes dos jogos?”. “Gosto de levar o jogo bem preparado, analisar os jogos com os meus atletas e prepararmo-nos o melhor possível.”

-“Costuma ver os jogos de Benfica com a A. J. da Fonte do Bastardo?”. “Sim, excepto quando tenho jogos”.

“Como era a biblioteca da sua escola?”. “Fui um privilegiado, porque estudei numa escola com cerca de 100 anos, cuja biblioteca era impressionante e nos fornecia toda a informação que precisávamos, uma vez que na altura não havia internet”.

“Qual é o seu livro preferido?”. “Tenho alguns… mas o meu preferido é “O Principezinho” de Antoine de Saint-Exupèrie. Aconselho que o leiam e, passados cinco anos voltem a ler, continuem a lê-lo sempre…”

A atividade que se desenvolveu entre as 12:30-13:00h, na Biblioteca da escola, respondeu ao desafio do mês Internacional da Biblioteca Escolar “conetando comunidades e culturas em 2017” e revelou-se uma experiência muito positiva para as turmas – “Gostámos muito!”.

Além desta atividade, toda a comunidade escolar foi convidada a preencher o mural “A minha Biblioteca É…”. As turmas do 3º ciclo deixaram uma frase coletiva sobre a temática.

Concurso de Poesia

Aberto à participação de alunos do 3º Ciclo e do Secundário, a associação cultural madeirense “Criamar” promove o evento/concurso Criapoesia – Poesia Visual, Encontro Juvenil do Atlântico. Poderão participar jovens da Madeira, dos Açores e das Canárias.

Anexa-se o cartaz de divulgação do mesmo.

CARTAZ_2018_criamar