Localização

A Terceira é uma das nove ilhas dos Açores e integra o chamado “Grupo Central”. Com uma área de cerca de 402,2 quilómetros quadrados (em 29 km de comprimento e 18 km de largura), é a terceira maior ilha do grupo e foi também, segundo os dados históricos, a terceira a ser oficialmente descoberta, sendo então a sua capital Angra do Heroísmo.

As datas de descobrimento do Arquipélago são uma incógnita, existindo correntes históricas a afirmar que já constava de mapas Genoveses desde 1351. Contudo, foi a partir de 1431 que as ilhas começaram a ser povoadas. A Terceira, desde o seu descobrimento, desempenhou um papel importante nos jogos políticos da época devido à sua localização geográfica, tendo sido ponto de paragem para as embarcações dos Descobrimentos Portugueses e para as caravelas castelhanas da denominada “carreira das Índias”. A sua localização geo-estratégica tornou-a protagonista relevante no estabelecimento e manutenção do Império Português e, já nos nossos dias, continua a ser alvo de interesses estrangeiros que visam o controle do Atlântico Norte.

O ponto mais elevado da ilha situa-se na Serra de Santa Bárbara, a cerca de 1022 metros de altitude, donde se avista parte da bela paisagem desta maravilhosa ilha, rodeada pelo Oceano Atlântico e dona de uma densa vegetação, pitorescas povoações e uma natureza que fascina quem a contempla. O vulcão da Serra do Cume, a Ponta dos Mistérios, o Algar do Carvão, a Lagoa do Negro, a Caldeira de Guilherme Moniz, as Furnas, entre tantas outras maravilhas naturais, são locais de grande beleza e representam uma fatia significativa de um património a preservar.

A ilha tem mantido as suas tradições seculares, vivendo ainda hoje muitas famílias das actividades de outros tempos como a agricultura, a pecuária e o aproveitamento de bens marinhos, como as algas. Também tem beneficiado de novos meios de comunicação que promovem um novo fôlego e modernismo, como é o caso do Aeroporto Internacional das Lajes. Exemplo maior da sua feição tradicional são as maravilhosas Festas do Espírito Santo, celebradas anualmente em Maio, ou as típicas “touradas à corda”, as iguarias regionais, como as alcatras de carne e peixe, as sopas do Espírito Santo, o mais fresco peixe e marisco, ou mesmo a famosa doçaria, os vinhos e licores, presentes no Museu do Vinho, nos Biscoitos.

O concelho da Praia da Vitória situa-se na parte leste da Terceira e ocupa 162,29 km2, cerca de 40% da área total da ilha, sendo constituído por 11 freguesias: Biscoitos, Quatro Ribeiras, Agualva, Vila Nova, São Brás, Lajes, Santa Cruz da Praia da Vitória, Fontinhas, Cabo da Praia, Porto Martins e Fonte do Bastardo.

O município, limitado a Sul e a Oeste pelo concelho de Angra do Heroísmo, é banhado pelo Oceano Atlântico a Norte e a Leste. Situa-se num campo plano, ostentando a Norte a Serra de Santiago, conhecida como “serra do Facho”.

O concelho da Praia da Vitória conta com cerca de 20,342 habitantes (2004), cidadãos laboriosos, festivos e hospitaleiros. A Escola Básica Integrada situa-se na sede do concelho, prestando os seus serviços a uma comunidade activa e dinâmica à qual pretende continuar a servir.

A população deste concelho dedica-se essencialmente ao sector primário, verificando-se que 48,1% da sua área se destina à exploração agrícola. O cultivo é praticado em pequenas explorações, destacando-se a horta familiar, as culturas forrageiras, de citrinos, de frutos frescos, vinha, pastagens permanentes e prados temporários. No que respeita à pecuária, os bovinos, os suínos e as aves constituem as principais espécies de criação.

Actualmente o concelho da Praia possui um importante papel na economia, através do seu porto oceânico e do aeroporto internacional das Lajes. Apesar de ser predominantemente rural, o concelho tem vindo a desenvolver-se nos sectores secundário e terciário, incrementados pela Base Aérea 4, que emprega uma grande percentagem de mão-de-obra, por instituições públicas como a Câmara Municipal, o Tribunal, e stabelecimentos de ensino e p o r empresas privadas. Em relação ao sector secundário, a indústria existente no concelho baseia-se nos produtos produzidos no território, destacando-se a indústria de conserva e de rações.

As principais actividades turísticas que se podem encontrar no concelho consistem em passeios pedestres, visitas guiadas a grutas, zonas balneares, mergulho, pesca, golfe, vela, windsurf, esqui aquático e escaladas. São fonte de atracção turística as tradicionais festas do Divino Espírito Santo, as Sanjoaninas, as festas da Praia da Vitória e todas as demais realizadas nas freguesias, que primam pelas suas famosas touradas e arraiais.

O concelho também se destaca na cultura terceirense e açoriana pelo investimento na preservação do mui rico património natural e arquitectónico.

Projeto Educativo

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.