“Pedras com história” e “Exposição de minerais”

IMG_8759A equipa da biblioteca escolar recebeu durante a semana de 20 a 24 de novembro, as turmas do 4º ano e da Educação Especial, no âmbito da atividade conjunta “Pedras com história” e “Exposição de minerais”. Esta iniciativa teve como propósito despertar o interesse dos alunos para as Ciências em geral e para a Geologia em particular, levando-os a reconhecer a existência de uma grande diversidade de rochas e minerais na Natureza.

Os alunos foram acolhidos junto à exposição de rochas e minerais e aí tiveram a oportunidade de acompanhar as explicações do professor Cláudio Ferreira.

Em seguida, os discentes foram convidados a observar diferentes tipos de areias com o auxílio de lupas binoculares, tendo sido visível a agradável surpresa e deleite que esta atividade lhes proporcionou. No decurso da mesma, os alunos tomaram contato com os livros de geologia que a biblioteca preparara como complemento à exposição de rochas e minerais.

E se é verdade que cada rocha tem uma história para contar, a equipa da biblioteca não quis ficar atrás; convidou os alunos para uma sessão de conto em que os protagonistas da história foi “uma enorme pedra”, fazendo-se, por essa via, a ligação entre diferentes literacias.

Por fim, os alunos foram convidados a completar uma história inacabada, mais tarde, na sua sala de aula, para a qual foram convidados a imaginar a grande aventura de um grão de areia levado pelo vento…

Resta-nos aguardar pelos trabalhos dos alunos e apresentá-los para publicação no jornal escolar e neste blog.

Um agradecimento especial às professoras Cidália Machado e Susana Meireles e à equipa da Biblioteca Escolar pela colaboração prestada (pessoal docente e não docente).

Anúncios

O ciclo da água

Só com a extraordinária colaboração de três elementos da equipa da Biblioteca Escolar –  as professoras Cidália Machado e Susana Meireles e o professor Osvaldo Sousa – é que foi possível planificar, construir e apresentar a atividade “O ciclo da água”, na passada quarta-feira, à turma do 4º A.

A atividade proposta aos alunos é feita a partir da leitura do conto “O ciclo da água”,  de Cristina Quental e Mariana Magalhães, passando-se de seguida para a exploração da fantástica maquete da autoria do professor Osvaldo Sousa – que permite representar e demonstrar todo o ciclo da água – a partir da qual os alunos são convidados a participar, identificando, graças à exemplificação das transformações físicas da água (evaporação, condensação e fusão) e do movimento da água na natureza (precipitação e infiltração), todas essas fases do ciclo da água.

As professoras Cidália Machado e Susana Meireles fizeram a demonstração prática das referidas transformações físicas da água e movimentos da água na natureza (aquecimento de água num gobelé com a ajuda de um disco elétrico, simulação da formação de nuvens com a condensação do vapor de água num placa de vidro; simulação da precipitação utilizando uma “esponja-nuvem” e infiltração da água da chuva numa tina de vidro com terra). Em seguida, os alunos foram convidados a aplicar os conhecimentos na exploração da maqueta, afixando as etiquetas com os termos empregues no ciclo da água correspondentes às etapas representadas na maqueta.

Por fim, procedeu-se à distribuição de papel com o modelo do origami abre e fecha, apelidado pelos alunos de “moranguinho” ou “quantos queres”, claro está com questões associadas ao ciclo da água.

Esta iniciativa irá prolongar-se no 3º período alargando-se a outras turmas do ensino regular e da educação especial. Um agradecimento a todos pelo empenho nesta atividade que, estamos certos, contribui para despertar o interesse dos alunos para as Ciências em geral.

“Feira de mineriais” e “Pedras com história”

img_7814

A equipa da biblioteca escolar e o Departamento de Ciências do 3º Ciclo receberam já na biblioteca alunos do 4º ano e da Educação Especial, no âmbito da atividade conjunta “Pedras com história” e “Feira de minerais”. Esta iniciativa teve como propósito despertar o interesse dos alunos para as Ciências em geral e para a Geologia em particular, levando-os a reconhecer a existência de uma grande diversidade de rochas e minerais na Natureza.

Os alunos foram acolhidos junto à exposição de rochas e minerais e aí tiveram a oportunidade de acompanhar as explicações da docente Cidália Machado, de acordo com as tipologias de rochas e minerais expostos. Este diálogo fez-se com inúmeras observações e questões a respeito das particularidades das rochas e minerais, às quais foram devidamente prestados os esclarecimentos necessários pela docente em apreço. Foi patente o entusiasmo e interesse dos alunos.

Em seguida, os discentes foram convidados a observar diferentes tipos de areias com o auxílio de lupas binoculares, tendo sido visível a agradável surpresa e deleite que esta atividade lhes proporcionou.No decurso da mesma, os alunos tomaram contato com os livros de geologia que a biblioteca preparara como complemento à exposição de rochas e minerais.

E se é verdade que cada rocha tem uma história para contar, a equipa da biblioteca não quis ficar atrás; convidou os alunos para uma sessão de conto em que os protagonistas das duas histórias foram “uma enorme pedra” e “um grão de areia”, fazendo-se, por essa via, a ligação entre diferentes literacias.

Por fim, os alunos foram convidados a completar uma história inacabada, mais tarde, na sua sala de aula, para a qual foram convidados a imaginar a grande aventura de um grão de areia levado pelo vento…

Resta-nos aguardar pelos trabalhos dos alunos e apresentá-los para publicação no jornal escolar e neste blog.

Um agradecimento especial ao Departamento de Ciências do 3º Ciclo e à  equipa da Biblioteca Escolar pela colaboração prestada (pessoal docente e não docente).

img_7810

Entrega de prémios do concurso “Cientista VIP”

IMG_7205

Teve lugar na biblioteca escolar a entrega de prémios e certificados aos cinco alunos melhor classificados no concurso “Cientista VIP”, iniciativa do Departamento de Ciências do 3º Ciclo. Os alunos receberam um certificado de participação e diversos prémios, diga-se, inteiramente merecidos pela brilhante participação. A classificação foi a seguinte: 1º lugar, Miguel Franca, do 7º A; 2º lugar, Marcelo Ávila, do 7º B; 3º lugar, Miguel Rocha, do 7º B; 4º lugar, Cátia Marques, do 7º B; 5º lugar, Gonçalo Toste, do 7º B.

A todos os nossos parabéns e umas boas férias acompanhadas de excelentes leituras.

Agradecemos às docentes Susana Meireles e Cidália Machado, responsáveis por esta atividade que teve como propósito fomentar o interesse pela ciência, a colaboração prestada ao longo do ano com a biblioteca escolar.

1ª sessão “Pedras com história”

 

A equipa da biblioteca escolar e o Departamento de Ciências do 3º Ciclo receberam hoje na biblioteca os alunos do 4º A no âmbito da atividade “Pedras com história”. Esta iniciativa teve como propósito despertar o interesse dos alunos para as Ciências em geral e para a Geologia em particular, levando-os a reconhecer a existência de uma grande diversidade de rochas e minerais na Natureza.

Os alunos foram acolhidos junto à exposição de rochas e minerais e aí tiveram a oportunidade de acompanhar as explicações da docente Cidália Machado de acordo com as tipologias de rochas e minerais expostos, denotando os alunos possuírem enorme curiosidade e bons conhecimentos sobre a temática. Este diálogo fez-se com inúmeras observações e questões a respeito das particularidades das rochas e minerais, às quais foram devidamente prestados os esclarecimentos necessários pela professora Cidália. Foi patente o entusiasmo e interesse dos alunos.

Em seguida, os discentes foram convidados a observar diferentes tipos de areias com o auxílio de lupas binoculares, tendo sido visível a agradável surpresa e deleite que esta atividade lhes proporcionou. No decurso da mesma, os alunos tomaram contato com os livros de geologia que a biblioteca preparara como complemento à exposição de rochas e minerais.

E se é verdade que cada rocha tem uma história para contar, a equipa da biblioteca não quis ficar atrás. Não só distribuiu marcadores alusivos à exposição, como também convidou os alunos para uma sessão de conto em que os protagonistas das duas histórias foram “uma enorme pedra” e “um grão de areia”, fazendo-se, por essa via, a ligação entre diferentes literacias.

Por fim, os alunos foram convidados a completar uma história inacabada, mais tarde, na sua sala de aula, para a qual foram convidados a imaginar a grande aventura de um grão de areia levado pelo vento…

Resta-nos aguardar pelos trabalhos dos alunos e apresentá-los para publicação no jornal escolar e neste blog.

Um agradecimento especial à equipa da Biblioteca Escolar pela colaboração prestada (pessoal docente e não docente).

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

“Viagem pelo sistema solar”

IMG_5032 (3)

Na próxima segunda feira inicia-se na biblioteca escolar a primeira sessão da atividade intitulada “Viagem pelo sistema solar”.  Esta atividade destina-se aos alunos de 3º ano e a uma turma de educação especial e concilia literatura e ciência. A narração da história “A que sabe a lua?” por parte da Equipa da Biblioteca Escolar é o ponto de partida para essa vigem pelo sistema solar. Esta iniciativa conta com a participação dos alunos de 7º ano, responsáveis pela produção de um vídeo sobre o sistema solar” e com o Departamento de Ciências do 3º Ciclo que coordenou superiormente a produção dos materiais para suporte às atividades.

No final da sessão, se o tempo estiver de feição, teremos uma observação solar. Mas há mais surpresas!

Até segunda e bom fim de semana!

A vaca que pôs um ovo (e não foi de chocolate!)

 

Concluiu-se na passada quarta-feira o ciclo de sessões subordinadas à história “A vaca que pôs um ovo” e que procurou associar a literacia da leitura e da informação junto dos cerca de 90 alunos do Pré-Escolar.

Compete-me agradecer desde já à equipa da Biblioteca Escolar e aos colaboradores pelo seu empenho e entusiasmo, à Equipa do Projeto de Educação Afetivo-Sexual, não esquecendo as educadoras de infância da EBI da Praia da Vitória que muito bem trabalharam a história com os seus alunos.

Deixamos aqui um registo fotográfico da passagem pela biblioteca escolar de todas as turmas do Pré-Escolar. Até breve.

Herbário

 

Uma das atividades propostas pela BE no seu plano de atividades era promover uma abordagem interdisciplinar à obra “Herbário”, de Jorge Sousa Braga, em que o livro fosse explanado em contexto da disciplina de Português, no 5º ano, coincidindo com a construção de um herbário por parte desses mesmos alunos, desta vez, nas aulas de Ciências da Natureza. Esta ideia consumou-se este ano, com a disponibilidade de ambos os grupos disciplinares, conseguindo-se por essa via estabelecer uma ponte entre a obra de Jorge Sousa Braga, que pela poesia nos dá a conhecer algumas plantas e flores, de uma forma que só as composições poéticas conseguem transmitir, e a construção de um herbário por todos os alunos, obedecendo aos conhecimentos e princípios científicos associados à construção de um herbário.
Cremos que esta complementaridade de iniciativas terá contribuído para sensibilizar os alunos para a importância da leitura e para despertar a sua motivação na preparação do seu herbário.
Os melhores herbários foram selecionados pelo grupo disciplinar de Ciências Naturais e estão agora expostos na Biblioteca Escolar.
O grupo disciplinar de CN do 2º Ciclo irá criar ainda o “Kit Herbário”, o qual integrará informação útil para auxiliar todos os alunos que pretendam elaborar um herbário, já que essa é uma tarefa que consta todos os anos da disciplina em questão. O Kit integrará ainda um exemplar do livro “Herbário” de Jorge Sousa Braga, ficando o referido material pedagógico disponível para requisição na BE, assumindo-se como um conjunto de materiais de apoio adicional ao estudo e ao conhecimento sobre as plantas e flores.
Após o estudo da obra “Herbário”, os alunos foram convidados a fazer uma breve reflexão sobre o que de mais curioso aprenderam com a leitura das composições poéticas da obra.

“Aprendi que o monge Mendel foi responsável pela descoberta da genética, graças à observação que fez do crescimento das ervilhas na sua horta”. – Afonso Sampaio, 5º D

“Aprendi com a leitura deste livro que todas as flores são diferentes e têm as suas curiosidades”. – Camila Correia, 5º D

“Eu aprendi com a leitura destes poemas que as plantas são diferentes umas das outras. Fiquei a saber um pouco mais sobre elas e agora sei que folhas poderei também usar para fazer o meu herbário”. – Laura Resendes – 5º D